Em Blog, Decoração, Dicas, Escritório - Tempo de leitura: 4 minutos

Agradar a todos, já sabemos que é uma missão impossível. Ainda mais no ambiente de trabalho, quando a disputa pelo controle do ar-condicionado é ainda maior. O que é considerado como conforto térmico no escritório para algumas pessoas, pode não ser nada confortável para outras. 

Mas, adotar medidas práticas para manter um ambiente mais agradável está ao alcance de gestores e colaboradores. O conforto térmico adequado também é possível, se as exigências dos órgãos regulamentadores forem respeitadas e se houver bom senso.

Por isso, neste artigo, separamos algumas dicas de como manter o conforto térmico no escritório. Confira!

 

O que é conforto térmico? 

 

Antes de darmos início às dicas, é importante que você saiba o que é conforto térmico. Para um ambiente apresentar uma temperatura adequada, alguns fatores devem ser levados em consideração como a umidade relativa do ar, a entrada de ventilação e o isolamento de calor.  A estrutura e tamanho do local também interferem. 

Sendo assim, podemos dizer que o conforto térmico ocorre quando uma pessoa não sente muito frio nem muito calor. Está satisfeita com a temperatura do ambiente. 

 

Conforto térmico no escritório em dias frios

 

No inverno algumas doenças ocupacionais são acentuadas, como a LER (Lesões por Esforço Repetitivo) e DORT (Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho). Isso porque ocorre a tensão dos músculos para produzir energia.

É fato que ficar com pés gelados não é a melhor das sensações. Para ajudar a melhorar essa sensação de frio, queremos compartilhar algumas dicas com vocês. Acompanhe!

  • Superfície com textura antiderrapante como tapetes ou emborrachada;
  • Mesas com tampo em madeira ao invés de vidro;
  • Cadeiras acolchoadas ao invés de ABS;
  • Cadeiras com tecido ao invés de couro.

 

Conforto térmico no escritório em dias quentes

 

Em busca do conforto térmico no escritório, há quem desligue o ar-condicionado sem abrir as janelas ou diminua muito a temperatura do aparelho (no caso do verão). Mas, cuidado: isso pode desequilibrar o clima e até causar infecções respiratórias, alergias e indisposição

Um fator importante a ser considerado no ambiente de trabalho é que a maioria das mulheres é mais sensível ao ar-condicionado e, naturalmente, sente mais frio. Já os homens, gostam de ambientes mais ‘frescos’ e tendem a sentir menos frio. Ou seja, para os homens pode estar muito quente e para as mulheres, muito frio – tirando algumas exceções. 

Por isso, em um escritório onde têm mais homens que mulheres – e o contrário -, o bom senso é sempre bem-vindo. 

Respeitar as temperaturas estabelecidas pela legislação também são fundamentais para deixar o ambiente agradável – como ainda veremos neste artigo. 

 

A temperatura e a saúde no escritório

 

Espaços muito quentes ou muito frios nos fazem gastar mais energia, para que possamos nos adaptar à temperatura do ambiente. Com isso, outras funções do organismo ligadas ao sistema nervoso, como a concentração, podem ser afetadas.  

Segundo um estudo publicado pela Universidade Cornell (EUA), colaboradores cometem mais erros em escritórios com temperaturas mais geladas. O motivo é o aumento de movimentos involuntários do corpo para que seja aquecido, como os tremores, o que dificulta o movimento dos dedos e atrapalha a digitação. 

Além disso, quando o corpo gasta mais energia para manter a temperatura interna, a imunidade é reduzida. E, como consequência, problemas de saúde como sinusites e amigdalites aparecem. 

 

Qual a temperatura ideal no escritório? 

 

De acordo com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), uma zona de conforto térmico aceitável é por volta de 20 a 23°C no inverno e de 23 a 26°C no verão

O nosso corpo se mantém a uma temperatura que varia entre 35 e 39 graus, normalmente. Fora dessa faixa é sinal que algo não está bem.

 

O que diz a lei sobre o conforto térmico no escritório?

 

Pouca gente sabe que existem leis e normas sobre o conforto térmico que definem qual deve ser a temperatura nos locais de trabalho. Os empregadores têm a obrigação legal, prevista nos Artigos 176, 177 e 178 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), de zelar pelo ambiente de trabalho para garantir a segurança, o conforto e o bem-estar dos colaboradores. 

Existe um parâmetro, previsto em norma que deve ser considerado para o conforto térmico. A NR-17 (do Ministério do Trabalho) determina que a temperatura do ambiente de trabalho, onde são executadas atividades que exigem o uso do intelecto, como em escritórios, tenham temperatura entre 20 e 23°C, com umidade relativa de, no mínimo, 40%. 

Já a norma ISO 9241 (Organização Internacional para Padronização) determina que a temperatura deve ser de 20 a 24°C no verão e de 23 a 26°C  no inverno, com umidade relativa do ar entre 40 e 80%. 

 

O que diz a lei sobre o conforto térmico no escritório

 

O conforto térmico no escritório é um dos fatores que garantem a produtividade e a segurança dos empregados, uma vez que temperaturas muito altas ou baixas podem trazer prejuízos à saúde. Devem ser considerados fatores como a velocidade do ar, umidade, estação do ano e número de funcionários insatisfeitos com a temperatura na sala. 

 

A decoração também pode contribuir para o conforto térmico

 

Uma dica para melhorar o conforto térmico no escritório é utilizar a decoração a favor. Itens como tapetes e almofadas, se utilizadas as cores certas, podem dar a sensação de o ambiente estar mais quente ou mais frio – dependendo da preferência. 

No inverno, por exemplo, cores como laranja e marrom dão a impressão de estar visualmente mais ‘quente’. Já nas estações de mais calor, uma dica é utilizar cores frias como verde, azul e branco. Assim, a sensação passada pelas cores é de que o ambiente está mais refrescado.

 

A decoração também pode contribuir para o conforto térmico no escritório

 

Como vimos, agradar todo mundo não é possível. Alguns irão sentir mais frio, outros, mais calor. Mas, adotar medidas simples para proporcionar o conforto térmico adequado, respeitando as exigências dos órgãos regulamentadores, está ao alcance de todos no escritório.

Posts Recentes
PROCURANDO MÓVEIS PARA SUA CASA OU ESCRITÓRIO?
ENTRE EM CONTATO COM NOSSO CONSULTOR.
Dicas de decoração para aumentar a produtividade preloader